Bem vindo ao EvRec

Fã Clube Evanescence Recife

Nova Campanha: Evanescence no Recife 2016

Participe agora da campanha no Facebook!

E a banda de abertura?

Confira nossa lista de sugestões de bandas para abrir o show do Evanescence em Recife!

Faça parte desta família!

Inscreva-se no Fã Clube mais querido do Brasil!

Tour Evanescence no Brasil em 2012

Crystiano Pequeno relembra como foi a tour da banda em 2012.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

PROMOÇÃO FOTO DO TERROR


Participe do 43º encontro do EvRec e concorra ao CD Evanescence (Evanescence)

Como:

1º Os membros que vão participar da promoção deve tirar uma foto individual durante o 43º encontro;
2º A equipe EvRec vai selecionar 10 fotos para votação no Facebook;
3º A votação começa no dia 06/11/11 e termina no dia 19/11/11;
4º A entrega do prêmio será feita no 44º encontro que irá acontecer no dia 20/11/11.


Agora vai treinando sua pose num espelho, mas cuidado para não quebrá-lo, hahaha!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

43º Encontro EvRec - Hora do Terror


Dia: 30/10/2011
Hora: 14h
Local: Mirabilândia Parque de Diversão
Valor: R$25,00 (meia entrada para todos)

Em pauta:

§ Documentário sobre a viagem "EvRec in Rio";
§ Gravações do projeto "EvFãs do Nordeste";
§ Lista de pedidos de camisas e carteirinhas 2011/2012 do Fã Clube;
§ A diretora Anninha Cantarelli irá fazer umas makes bem horripilantes para entrar no clima da "Hora do Terror";
§ Fotos e filmagens;
§ PROMOÇÃO FOTO DO TERROR;
§ Entre outros.

Assista ao trailer "Hora do Terror 2011" - não oficial:



Ponto de encontro: Em frente da bilheteria do parque até às 15h (entre em contato por cell caso chegue depois do combinado).

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Novo Afiliado - EvanHeart

"Olá pessoal somos a equipe do EvanHeart. Nosso blog foi fundado no final de agosto de 2011 e em dois meses vem conquistando os Evfãs com mais de 12 mil visitas nesses meses iniciais. Agente iniciou o blog com uma única e grande proposta, juntar os evfãs pra interagir entre si e quebrar toda e qualquer rivalidade entre blogs e sites. Agente vem trabalhando pra deixar o blog cada dia mais atualizado dia e noite para oferecer o melhor para vocês em termo de informações sobre o Evanescence. Semanalmente agente junta todo mundo em pequenos eventos online, geralmente são os conhecidos #EvQuiz. É isso aí galera, obrigado pela atenção e contamos com a sua visita" - Equipe EvanHeart.

domingo, 18 de setembro de 2011

Veja abaixo o vídeo e a tradução da entrevista de Amy Lee para o canal argentino C5N, no programa Showtime de ontem! Tradução: @AmyLee_Oficial

Eu amo a música, amo criar, amo pintar, amo cozinhar, amo tudo isso. Espera, mas a musica é minha grande paixão. Atualmente, estive escrevendo novamente, e estou escrevendo coisas diferentes. Precisava fazer algo diferente e provar coisas novas, e isso é um grande passo de como começo isso.

É forte, segue sendo Evanescence, não é uma coisa totalmente diferente, é a mesma banda, porém melhor, mais forte e nova. Não posso dizer melhor, por que eu amo meus outros álbuns, mas creio que esse é realmente especial. É mais um pouco de disco da banda, podes sentir a energia do trabalho em conjunto que fizemos e assim, creio eu, será como um som vivo.

Toda vida tivemos a mesma essencia do que foi a fundação do Evanescence, porém penso que há novos elementos, não sei qual é a palavra, porém um pouco mas light (leve), um pouco mais adulto, que no drama aonde sempre há alguém morrendo. Assim não é a vida. Na vida real as coisas as vezes são duras e, às vezes, as coisas são boas, são divertidas, são lindas. Então creio que o álbum é muito dinâmico, por que tem algo de ambos sentimentos.

As letras são muito especiais para mim, são a parte importante desse álbum e penso que isso é o que mais levo tempo (risos), quero dizer, gravar o álbum é uma coisa muito grandiosa, porém as letras são algo com que temos que viver, pensar, trabalhar e trocar durante semanas ou meses e, às vezes, até que finalmente fique tudo certo. Desta vez, especialmente temos escrito muito e seguimos fazendo até que no momento de entrar no estudio. Toda vida tenho um montão de músicas para escrever. Assim como estamos gravando, você sabe, assim estão gravando na bateria, eu me sinto lá escutando e assim escrevo em meu caderno até a ultima canção que estou cantando. Escrevo as letras, termino na noite anterior.

É a energia das pessoas, se bem que há energia entre os membros da banda, coisa que é muito boa, porém o passo seguinte é uma coisa maior. É a energia entre a banda e as pessoas, é como a ação e a reação, amar a mesma coisa ao mesmo tempo. É algo difícil de descrever, mas é uma coisa muito especial. Quando vai em um show e a uma multidão ama o que está tocando, que conhece e canta as músicas, esse sentimento de conexão é o que sentimos no palco. Muito estranho isso e espero ansiosa por voltar a sentir. Acabo de me casar e para poder estar juntos, quando estamos em turnê, não podemos estar juntos. Temos que estar sozinhos e viajando.

É importante para mim viver, trabalhar em minha casa, trabalhar no jardim, decorar, ir ao shopping, ir aos restaurantes, viver em New York é realmente muito bom porque é um lugar internacional onde encontramos diferentes culturas.

Então pode provar diferentes coisas, escutar diferentes tipos de músicas, e só não pensar em minha vida em torno da minha carreira, o que me consome muito, em parte por que me ocupo demais com ela, também. Quando estamos trabalhando, estamos trabalhando mesmo. Você entende né? (risos)
Créditos: EvThreads

Record Collection entrevista Amy Lee !

Leia abaixo uma entrevista que Amy deu à revista Record Collection, que chega às bancas do Reino Unido no próximo mês, com perguntas muito interessantes!

O álbum título do Evanescence, seu terceiro, será lançado pela Wind-Up/EMI bem a tempo da turnê no Reino Unido em novembro. A Record Collection perguntou á cantora Amy Lee sobre esse álbum que ficou em gestão por tanto tempo.
Amy: levou dois anos e meio, e eu tinha muito material. Algo para dois álbuns, então nós tivemos que dividir as coisas e martelá-las, mas um dia todas essas músicas irão ser lançadas, e é um problema legal de se ter. Nós gravamos 16 músicas, e 12 estão no álbum, então as outras vão para a versão Deluxe. Eu costumava ir pro meu estúdio no piso de cima e gravava durante a noite e iria trabalhar nelas de um modo solitário, como sempre faço, mas também trabalhamos junto com a banda bem mais dessa vez, trabalhando para a música mesmo, o que deu a elas um sentimento de ao vivo que tornou-as coloides, em vez de ser um punhado de pedaços um em cima do outro como usualmente faço muitas vezes. As letras eram o meu território, mas todos estavam evolvidos na parte de tocar dessa vez e eu iria trabalhar bastante nos vocais par depois mandar para eles po email protegido por senha, para ver o que eles achavam, e daí nós nos juntávamos para poder tocar.
RC: O Steve Lilywhite estava envolvido como produtor antes?
Amy: Sim, nós trabalhamos juntos, mas infelizmente não deu certo por diversas razões. Ele é um cara genial, mas nós passamos por diversas fases diferentes no processo de composição e chegamos num ponto em que eu estava muito empolgada com todas as músicas que tínhamos e fomos par o estúdio. Mas assim que chegamos, começou a ficar mais claro que aquilo não estava certo… A banda queria estar envolvida, as músicas precisavam ser melhor trabalhadas, então nós tivemos que tomar uma dura decisão (suspiros) e dizer “certo, nós temos que trabalhar mais e parar o que estamos fazendo”. E no final, quando tínhamos um corpo de trabalho com o qual estávamos realmente confiantes, no começo desse ano, nós falamos com Nick Raskulinecz, que se encaixava muito mais com o jeito que as músicas estavam indo. Ele fez o último álbum dos Deftones, do Alice in Chains, do Rush e todos eles foram muito inspiradores para nós. Ele sabia de rock, nós estávamos mergulhados nos discos dele, e eu dizia “eu tenho que encontrar esse cara”. Ele era o car certo e nos fez ir fundo em seis semanas de pré-produção com a banda sentada com seus instrumentos, o que ele disse fazer parte do seu processo, e eu pensei “sabe, esse cara vai ser um desafio, ele vai me forçar, e isso é o que há d emelhor para uma banda para chegar ao âmago”.
RC: O álbum novo vai sair em vinil?
Amy: Sim, eu quero tirar uma pequena quantidade, o que vai ser bem legal. Eu ainda tenho vinis em casa. Todas as coisas antigas, e já faz um tempo, mas nós temos um tocador de LP na sala e às vezes tocamos os discos.
RC: Você pretende gravar algo da turnê?
Amy: Oh. Ainda não pensamos nisso ainda. Nunca se sabe. A montanha-russa está decolando de novo.
Créditos: IEssence !

Amy Lee: “O Brasil é como uma segunda casa para nós” !

A Revista Época fez uma matéria sobre a volta do Evanescence ao Brasil. Veja abaixo:

“A vocalista do Evanescence diz que os fãs brasileiros são apaixonados e têm uma conexão especial com a banda”

ÉPOCA – Você vai se apresentar de novo no Brasil. Está animada?
Amy Lee – Muito! Vai ser nossa primeira apresentação em que vamos tocar muito material novo, então estamos animados pois será uma prévia do novo disco. Estamos muito animados, pois amamos nossos fãs no Brasil, como tenho certeza de que eles sabem. Estamos sempre conversando com os fãs pelo twitter, e tocamos aí faz algum tempo, no festival Maquinária, e foi muito bom.
ÉPOCA – O Brasil sempre esteve nos planos de turnê do Evanescence?
Amy –Não me lembro direito de quando foi a primeira vez que tocamos aí. Lembro que nosso promotor disse que tínhamos muitos fãs no Brasil que iam curtir nosso show.
ÉPOCA – Então vocês não sabiam muito sobre o Brasil antes da primeira viagem?
Amy – Não.
ÉPOCA – Depois dessa primeira visita, você de alguma maneira mudou de opinião sobre o Brasil, ou passou a ter uma opinião sobre o país?
Amy – Minha lembrança mais forte do Brasil são nossos fãs, muito apaixonados. Fizemos alguns shows realmente bons aí, e esperamos algum dia fazer uma turnê mais extensa pelo país.
O Brasil é como uma segunda casa para nós
ÉPOCA – Vocês têm fãs muito leais no Brasil. Vocês acham que o público brasileiro é diferente do público do resto do mundo?
Amy – De alguma maneira, O Brasil é como uma segunda casa para nós. Temos fãs muito especiais ao redor do mundo, mas, por alguma razão, o público brasileiro parece amar o rock. Eles são muito vivos, e isso é muito importante para nós. Acho que temos uma conexão com nossos fãs brasileiros, que são muito apaixonados. Me sinto muito lisonjeada que nossa música fale tão diretamente com eles.
ÉPOCA – Em sua visita ao Brasil, por que lugares você passou, que lugares você conheceu?
Amy – Nenhum! Só tivemos tempo de tocar.
ÉPOCA – Você tem planos de fazer um pouco de turismo nessa visita?
Amy – Ah, esperamos que sim. Estamos nos concentrando em fazer turnês agora, tocando no maior número possível de lugares. Talvez seja difícil encontrar tempo para fazer um pouco de turismo, mas eu gostaria de tentar.
ÉPOCA – O próximo disco vai ser lançado. O que os fãs podem esperar? Alguma mudança em relação ao som que vocês faziam antes?
Amy – É como um recomeço para nós. Sinto que esse é o disco mais “Evanescence” que lançamos. É sobre nós, sobre nossa volta. Mais do que uma mudança, é como uma “volta para casa”. É um disco focado na banda. É também um disco de rock. É uma versão nova da mesma banda.”

Créditos: Ev New Age !

sábado, 3 de setembro de 2011

#HappyBday Crystiano

Hoje é um dia muito especial para o nosso querido presidente Crystiano, pois hoje é o seu aniversário! =D

Então, pedi para alguns membros do fã clube me enviarem uma mensagem de Feliz aniversário para o nosso querido presidente, e vocês poderão conferir essas mensagens no vídeo a baixo:
P.s: Poderia ter ficado melhor.. Mas tive que editar o vídeo durante os minutinhos livres que eu tinha no trabalho! =P

hihii

Espero que gostem, em especial você Crys... FELIZ ANIVERSÁRIO!



domingo, 14 de agosto de 2011

41º Encontro EvRec


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Retorno

Chega de “silêncio”! Vamos fazer barulho que o EvRec voltou... \o/

Tudo bem! Sabemos que tantas coisas incríveis rolando no mundo Evanescence, tantas novidades e quase nenhum pronunciamento aqui. Foi muito duro passar “em branco”, mas estou ciente que nossos parceiros fizeram e fazem um excelente trabalho. Vamos deixar de delongas e curtir a musica What You Want num vídeo especial feito por Rodrigo Rocha.

sábado, 23 de julho de 2011

Entrevista com Amy Lee ao vivo no México

Ontem, às 21:33, Amy Lee concedeu do EMI México uma entrevista ao vivo pelo UsTream. Ela respondeu as perguntas feitas pelos fãs. É fato que os EvFãs brasileiros eram a maioria, tanto que a Amy respondeu três perguntas dos brasileiros sortudos: @Bruh__Imaginary, @TerryBebado e @ThiagoMunizz (Thiago já é reincidente. Amy já agradeceu pela imagem feita por ele em seu Background este ano). Confiram o vídeo na integra:



Créditos: LostPain10 | Amy Lee Brasil | Evan Atrium

Promoção Amy Lee Oficial

A comunidade Amy Lee Oficial esta fazendo um MEGA promoção: Concorra a um CD+DVD Anywhere But Home do Evanescence.

Assista ao vídeo da promo:


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Fotos do 40º encontro EvRec

Raul, Estevão, Deywisson, ?, Magga, Crystiano, Regina e Bruce

Bruce e Regina

Raul, Regina, Bruce, Anderson, Crystiano, Deywisson, Raul e Estevão

Crystiano, Deywisson, Raul, Estevão, Fábio, Alex, Regina e Bruce

Crystiano e Deywisson

Regina, Raul, Crystiano, Deywisson e Estevão

Crystiano, Fábio e Alex

Deywisson, Estevão, Raul, Regina, Crystiano, Fabio e Alex

Regina e Crystiano

Raul, Estevão, Crystiano, Deywisson, Regina e Bruce

quarta-feira, 20 de julho de 2011

O Site Rolling Stone fez uma reportagem sobre o novo álbum do Evanescence

Site Rolling Stone fez uma entrevista sobre o novo álbum do Evanescence. Veja abaixo:

Amy Lee do Evanescence animada com o retorno depois de cinco anos de pausa.


O Evanescence não lançava um novo álbum desde 2006 com The Open Door – mas a vocalista Amy Lee está preparada para o novo em 11 outubro. Lee, que se mudou para New York, pouco antes de se casar perto do fim da última turnê da banda em 2007, diz que passou a maior parte do tempo “tentandor encontrar-me novamente como um ser humano. A coisa toda de fama, celebridade, ser o centro das atenções o tempo todo, não é totalmente eu. Prefiro ser amiga de alguém e ser normal só um pouco. Eu precisava ir comprar minhas próprias coisas domésticas um pouco e não ter um carro e ser apenas como todos os outros em New York. Então isso foi uma grande parte do tempo, apenas sendo eu novamente sem a parte Evanescence. “

Mas agora, ela está muito feliz por estar de volta. “Eu meio que fugi do meu próprio coração e do meu cérebro por um tempo”, diz Lee. “E poder voltar para mim agora é melhor do que nunca, eu me sinto muito bem.”

Ela até conseguiu encontrar algumas maneiras de incorporar sua pausa no novo álbum, que foi produzido por Nick Raskulinecz (Deftones, Foo Fighters, Alice In Chains). Lee faz sua estréia no disco tocando harpa, que ela assumiu depois que seu marido de o instrumento como um presente. Depois, há o seu próprio gosto musical diversificado.

“Eu me lembro quando ouvi pela primeira vez MGMT, seu primeiro disco. Eu adorei, adorei! E eu realmente comecei a ficar inspirada nesse tempo, com sintetizadores e coisas que eu sempre amei: Massive Attack, Portishead, essas coisas electro”, diz ela . “Algumas coisas dessa época entraram aqui. Mas eu acho que finalmente encontrei o ponto ideal quando combinei as duas coisas, o Evanescence com alguns elementos novos.”

Lee diz que tem mais confiança agora como musicista do que nunca antes – e isso está refletido no novo álbum. “Estamos tendo uma explosão fazendo música épica sombria”, diz ela. “Eu não preciso sentir que alguma coisa tem qur ser exatamente daquele jeito, não precisa ser totalmente dark e assustador ou algo assim. Pode apenas ser grande.”

Meet & Greet com Evanescence

A revista Grita Fuerte esta promovendo "Meet & Greet com Evanescence".

Serão 15 sortudos que vão ficar bem próximos da Amy Lee, vocalista do Evanescence, que visitará o México nesta sexta-feira (22/07/11) para promover seu mais recente álbum auto-intitulado, que será lançado em 11 de outubro deste ano.

Só tem que responder corretamente às perguntas em cada um dos meios de comunicação (E-mail, Facebook e Twitter) e assim será o vencedor de um único passe.

REQUISITO IMPORTANTE: para recolher os seus bilhetes você deve trazer RG e mostrar a Revista Grita Fuerte Edição Nº 78.

15 passes simples:

Via Facebook
Siga-os através do Facebook dando "eu curto" a página Grita e faça a seguinte missão. O(a) primeiro(a) a fazê-lo ganha:

- Envie uma fotografia aparecendo junto com uma das capas do Evanescence (Amy Lee), as que foram publicadas na revista Grita.

Via Twitter
Siga-os no Twitter e resposta em um único tweet a seguinte pergunta. O(A) primeiro(a) que responder ganha:

- Que música do novo álbum do Evanescence fez a banda, literalmente, chorar?

Via e-mail
Envie um e-mail para mara@gritafuerte.com, marcando no título do email "Meet & Greet com Evanescence", além de seus dados (nome, telefone e local) no corpo da mensagem com a resposta correta à pergunta:

- Que música do novo álbum do Evanescence fez a banda, literalmente, chorar?

Os vencedores serão os primeiros que cumprir todos os requisitos, que serão notificados em breve.

PARTICIPANTES da República Mexicana
A revista Grita não se responsabiliza por pagamento de transporte e hospedagem na Cidade do México e deve chegar ao ponto de marcado para recolher os seus passes.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Novas fotos do Photo Shoot do Evanescence

A Amy tuitou e postou algumas imagens em seu twitter. Vejam abaixo:

@AmyLeeEV: Revendo as imagens da sessão de fotos… yfrog.com/kehd7dj








@AmyLeeEV: Se vocês gostaram dessa última foto épica, vocês irão adorar o drama dessa aqui…



E aí galera o que vocês acharam das imagens?

segunda-feira, 18 de julho de 2011

What You Want será lançado dia 09 de Agosto

O Portal Terra México fez uma matéria falando que Amy fará uma visita relâmpago ao país e que o novo single What You Want sairá no dia 09/08!

A ausência de cinco anos radiofônica e discográfica do Evanescence irá acabar nos próximos dias após o lançamento do single “What You Want” e a visita rápida de Amy Lee ao México.

Uma fonte da EMI Music do México confirmou que na sexta-feira 22, a intérprete de ‘Going Under’ fará uma maratona de entrevistas para começar a promover o novo álbum do Evanescence, que deve sair dia 11 de outubro.

“Não haverá coletiva de imprensa ou showcase assinando autógrafos, porque o disco não está à venda. Ela vem para trabalhar o dia todo. Como o álbum sai logo, vamos planejar algo para voltar ao país “, disse o informante.

“What You Want” entrará nas estações de rádio em 9 de agosto e será a ponta de lança do material, que foi co-produzido por Nick Raskulinecz, o qual já trabalhou com Foo Fighters e Alice in Chains. “Além disso, o álbum marca o retorno do guitarrista Troy McLawhorn, que estava com eles em shows ao vivo anteriormente”.

Lee, a líder do grupo que ganhou o Grammy de Melhor Novo Artista em 2004, está cheia de estímulo para se reconectar com seu público.

“Ela vem com toda a disposição para trabalhar com a empresa para fazer o melhor trabalho de promoção possível.

Não houve exigências para a sua viagem, fomos informados de que ela só come muito saudavelmente, por isso pediu legumes, frutas, sucos para a sua estadia, mas tudo depende do que ela pedir no momento, disse o seu anfitrião.
Esperamos que este single possa fazer sucesso como BMTL e CMWYRS nas rádios. E vocês o que acham sobre isso?
Créditos: IEssence e ENA!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Novo Single: What You Want

Como prometido a MTV News disponibilizou, hoje (SEGUNDA 11/07/11), uma nova entrevista na qual Amy Lee fala do novo single da banda: What You Want. Confiram:


A Amy diz "Tim, Terry e eu escrevemos essa música em minha casa em Nova Iorque. Estavamos apenas tocando de bobeira, tipo gravando demos e obviamente a canção cresceu muito desde então, com todos.

Para mim, foi - e eu preciso lembrar-me disso, assim posso aplicar no futuro - não foi tentar muito fazer isso épico, com muito coro. Eu estava ao piano e os caras falavam: 'Faça isso. O que quer que você faça, é uma melodia impressionante. ' Eu ficava tipo: 'Verdade?’. Algumas vezes você só precisa dos seus amigos dizendo algo como 'faça isso'.É sobre liberdade - é definitivamente um tema constante no álbum - porém, é como o Evanescence e eu, meu relacionamento com a música e com os fãs e vindo a isso [realização] de 'Isso é o que me propus a fazer… Eu quero fazer isso'. E quando diz 'Lembre quem você realmente é', é exatamente tudo que você poderia supor que significa.Sinto como, não que eu estivesse tentando fazer o que é importante para a indústria da música. Estou fazendo o que quero - estamos fazendo o que amamos. Porém, ao mesmo tempo, é confortante para nós tocar música que queremos ouvir.É legal, e não é aquilo que domina as ondas. E vai ser incrível e, é nosso sonho que isso aconteça pra nós, não apenas para nós mas, queremos ouvir rock de novo.

Acredito que, como banda, estamos realmente fortes. Todos estão dando o máximo e colocando isso em tudo e foi como, mentalmente o tempo todo estávamos trabalhando. Que levasse o tempo que for para ficar o melhor possível.
"

Tradução: IEssence

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Prévia do novo single na segunda

James Montgomery publicou em seu twitter uma novidade que animou a todos:

@ - "recém confirmado: nós revelaremos um sneak peek do primeiro single do evanescence na SEGUNDA no MTVNEWS.COM"

James ainda ouviu um pedaço do álbum, inclusive o novo single e disse que é imenso.

Agora é só esperar segunda-feira e surtar ;)

Novas fotos no estúdio

O repórter da MTV, James Montgomery esteve em Nashville com a Amy para uma entrevista e postou algumas fotos:


@mtvnews - "Nosso repórter musical @positivnegativ está em nashville entrevistando a vocalista do @evanesence, @AmyLeeEV e nos mandou provas "

Tweet sobre o novo álbum

Amy twittou dizendo o seguinte:

@AmyLeeEV - "inacreditavelmente perto da linha de chegada. Mais 2 ou 3 dias de gravação. Mixagens começam semana que vem!!!"

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Amy e os músicos

Amy postou essa foto no seu Yfrog.com com os músicos. Sem dúvida, eles devem fazer parte dos arranjos do novo álbum previsto para 04/10/11.

EUA comemora 235 anos de independência

Hoje é dia da independência dos EUA. E que tal ouvir 4th of July, cover do Soundgarden feito pelo Evanescence.

sábado, 2 de julho de 2011

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Show do Evanescence em Porto Rico

Está confirmado mais um show do Evanescence. Pela primeira vez a banda tocará em Porto Rico no Coliseu de Porto Rico, no dia 06/10/11, às 22h.

Os ingressos já estão a venda, hoje. E variam de US$45 a US$75.

Tim "mantendo contato"

O Tim McCord não é muito de ficar nas redes sociais, mas de uma semana pra cá, ele tem "mantido contato".


29/06 - "Obrigado por tudo a todos que desejaram um aniversário agradável"

28/06 - "@jonhcusack feliz aniversário"

25/06 - "RT @gustavosme: @Tim_McCord tim, como você é incrivelmente nerd, e isso é muito foda. uma batida de mão, vem cá! O quê? Batida de mão?" (É! Tim não entendeu o fã brasileiro - risos)"

22/06 - "Eu tenho tweetado. Eu estou twittando. Vou twittar novamente. Eu estou vivo também, mas eu acho que é bastante óbvio"


Ele respondeu alguns fãs e disse que o novo single sairia em breve, confira na integra a tradução no IE.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Amy tweeta

"Feliz aniversário Tim!! Strikes e calhas.. (amo como esta foto faz parecer que Troy e Will são dançarinos haha)" http://yfrog.com/kjxwcbdj

O pessoal da banda comemorando o aniver de Tim McCord, ontem.

terça-feira, 28 de junho de 2011

#HappyBdayTimMcCord

Hoje, é o aniversário de Tim McCord, baixista do Evanescence. Particularmente, ele é o cara super divertido e nós desejamos sempre o melhor pra essa figura (rsrs). Seus fãs aguardam ansiosos para ouvir o novo álbum do Evans no qual ele participou na criação de varias musicas.


"Lembro como hoje o Tim rindo dos fãs brasileiros por ser tão loucos".

segunda-feira, 27 de junho de 2011

MTV News


Amy Lee conta para o MTV News que o novo álbum da banda, que sai em 4 de outubro, está cheio de músicas que são 'dolorosas' e 'desesperadas' - por James Montgomery (@positivnegativ)


Fazem cerca de 4 anos desde que o Evanescence saiu em turnê para divulgar o seu último álbum, The Open Door. Nesse tempo, a cantora Amy Lee esteve trabalhando duro estando apenas a frente de uma banda de rock de sucesso global.

Com certeza, ela escreveu algumas músicas ao longo do caminho, mas mais do que isso, seu foco foi em ser, como ela explica, "uma pessoa normal". E, sim, ela aproveitou cada minuto disso.

"Eu podia comprar besteiras, eu pensei em ensinar músicas as crianças... Eu só precisava ficar longe disso. Toda minha vida adulta, até alguns anos atrás, foi apenas isso." ela disse pra MTV News. "Quando eu completei 18 anos, fui contratada. Sai da faculdade, e nós só nos mudamos para uma casa juntos e começamos nos enchendo para fazer tudo que precisávamos pra concretizar isso. E depois fomos para Los Angeles, e a gravadora fez conosco um processo de desenvolvimento artístico por dois anos, e depois estávamos em turnê e foi muito rápido, e logo depois da turnê por trás do Fallen, nós começamos a escrever de novo, imediatamente. ... Eu só queria ser uma pessoa normal por um minuto, antes que eu chegasse aos 50 anos."

"Eu me casei e nós estávamos no meio de uma turnê - eu tinha, tipo, uma semana de férias, e então voltamos direto pro palco - e muita coisa se passou naquele tempo, houve drama... Sempre tem a droga do drama," ela continua. "Então a gente se aproximava do fim dela, e foi tipo, 'Caras, eu não sei de nada. Eu preciso de um tempo'. Eu só queria ser normal; Eu não queria pensar sobre a próxima coisa até que fosse nescessário."

E considerando o quão pesado ela trabalhou evitando o Evanescence, é irônico que tudo o que precisou foi um show com a banda - um caloroso show em 2009 como destaque no Maquinária Festival no Brasil - para lembrá-la o quanto ela sentia falta de sua vida de artista. E daquele momento em diante, as coisas mudaram.

"Eu tinha que voltar com todos os caras, e nós ensaiamos todo o material antigo, organizando o set, e eu me diverti tanto. Comecei a me apaixonar novamente... Por aquela parte de mim, a parte do Evanescence," ela disse. "Eu meio que estava fazendo tudo mais, sabiamente compondo, por mim mesma, e foi tipo 'Oh sim, eu adoro esse material também. Talvez nós podíamos fazer uma gravação!"

Então, recarregado, o Evanescence fez isso, foi pro Blackbird Studio em Nashville trabalhar com o produtor Nick Raskulinecz no seguimento do The Open Door. Ele está perto de ser terminado - Lee falou que há 16 músicas perto da conclusão - e no início dessa semana, sua gravadora de muito tempo, Wind-Up Records anunciou que o álbum estaria chegando as lojas no dia 4 de outubro.

Lee comentou para o MTV News que o álbum será auto-intitulado, uma decisão que não é apenas simbólica, mas uma declaração total também.

"É sobre a banda; é mais do que a gravação de uma banda. Mas comecei a pensar sobre isso, é por que também toda essa gravação e o conteúdo das letras e um monte de coisas é sobre mim e me apaixonar de novo por isso, com o Evanescence, com o que tenho sido obcecada durante uma década, mais do que isso," ela disse. "E me dei um minuto, eu definitivamente me afastei disso de uma grande forma, e então foi, "OK, pessoal, eu não sei o que vamos fazer. Eu não sei o que vai acontecer aqui. Vamos apenas viver nossas vidas por um tempo e ver o que acontece depois."

"Há uma enorme quantidade de trabalho agora, 16 músicas, e obviamente nem todas elas estarão na gravação, e isso vai ser uma momento de partir o coração. Mas pra mim, quando as escuto, é uma jornada," ela disse. "Elas o levam a uma viagem emocional... Elas o levam a um monte de lugares diferentes. emocionalmente. Elas me fazem sentir realmente feliz, por que mesmo que as músicas sejam desesperadores, tipo, aqueles sentimentos desesperadores que se tornam algo belo, produtivo e excelente. Há músicas dolorosas, mas as ouvindo eu me sinto bem, por que eu passei por aquela dor e desfiz dela usando a música como escape e a transformei em algo muito bom, seguindo com a minha vida, ser produtiva em vez de sentar em torno de rotina."

E enquanto foi difícil para Lee descrever apenas como as músicas soam ("É épico, é obscuro, é belo...tudo isso." ela riu), ela sabia exatamente como eles faziam ela se sentir - e depois desse longo tempo longe do grupo, é mais importante pra ela do que qualquer outra coisa.



O sucessor do The Open Door, sai no dia 4 de outubro, 'beija você bem no rosto', diz cantora.
Por James Montgomery (@positivnegativ)

Amy Lee está tendo dificuldade para falar sobre o próximo álbum do Evanescence, parcialmente por que ela está sem prática - faz um tempo desde que a vocalista da banda teve que enfrentar a impressa, depois de tudo - mas é mais por causa que ela usa palavras como "divertido" para descrevê-lo. E até ela reconhece o quão estranho parece.

"Não posso dar uma boa referencia sobre ele, por que provavelmente é a gravação mais pesada que já fizemos, mas nós estamos tendo grandes momentos o fazendo," a cantora disse, rindo. "Eu não quero dizer a palavra "divertido", mas ele é...é totalmente divertido. Estamos apenas indo para ele. Então eu não quero dizer que ele está 'expressando a dor de mil tristezas,' por ele não é isso. Eu quero dizer, é apenas mais maduro; É apenas uma grande gravação. É difícil resumir."

Com certeza, ela é rápida em adicionar que "divertido" não quer dizer necessariamente "tolo ou pop". "Isso não o traduz certo... EU ESTOU ME DIVERTINDO; todos nós estamos nos divertindo", ela explica. "E há momentos onde você pode ouvir isso."

Mas Lee será a primeira a admitir que, quando o Evanescence retornar em outubro com seu primeiro álbum em 5 anos, eles serão uma fera muito diferente de fato.
Caso em questão: o primeiro single, o qual, embora ela não revelará o título, é uma das músicas que ela se sente mais confortável em descrever como uma partida definitiva para a banda.

"É realmente diferente pra nós. Não soa como nenhuma faixa do Evanescence que você ouviu antes," ela disse. "É pesada, mas as melodias e materias-primas, eu sinto como eu tivesse feito o que eu queria. Eu, literalmente, cantei o que eu queria cantar, por que foi divertido e isso meio que me fez sorrir, e eu terminei me divertindo de verdade, legal, uma coisa cativante que deixou todo mundo encantado por ela.";

"Você sempre tem que pensar sobre isso. Temos que tomar as decisões com a gravadora , e ver o que eles vão lançar", explicou ela. "Nós não conseguimos fazer o que queremos o tempo todo, então o single tem que soar como um hit. Mas, nós, queremos mais do que isso."

"Há muita coisa que eu quero passar de uma vez, antes que eu perca a atenção de alguém. Assim, a música que eu acho que é o primeiro single é a canção que envolve tudo. Tem um significado legal, um monte de letras interessantes, elas simplesmente 'atingem seu rosto' é pesado e é muito bom... Eu acho que há algumas músicas que atendem a critérios mesmo."

Para o efeito, embora ela (acidentalmente) usa palavras como "diversão" para descrevê-lo, o novo álbum do Evanescence só poderia ser o próximo passo lógico para a banda: Os mesmos temas estão lá, mas pela primeira vez em sua carreira, Lee vai escrever sobre eles (e ela mesma ) de novas maneiras. No final do dia, como sempre foi o caso, a "catarse" é a chave.

"Há temas de rupturas, a busca pela liberdade, e então há músicas que são apenas sobre se apaixonar... É só por todo o lugar", disse ela, rindo. "Há uma bela canção que - definitivamente vai fazer o álbum, ou eu vou matar alguém - não é como um single ou qualquer coisa, é apenas esta faixa do álbum épico que é sobre a perda da perspectiva de alguém, perder alguém em uma tragédia, e é muito legal ouvir isso outra vez também."

"Isso não é algo que eu fiz no The Open Door. The Open Door foi tudo sobre mim e minhas experiências pessoais. E há alguns momentos neste (álbum) que na verdade são tomadas a partir de coisas que eu assisti acabarem/caírem, dos meus amigos e coisas assim. mas, realmente, o que me faz sentir mais, isso é o que está no disco, porque é isso que eu preciso tirar do meu peito."

Tradução: Suelen/Ruan

sábado, 25 de junho de 2011

Novo Afiliado - Last Fallen Angels

Last Fallen Angels é um Fã Clube Evanescence do México criado desde 2004.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

39º Encontro EvRec

São João

?, ?, Aline, Regina, Crystiano, Nayara e Marcelo

Regina e Marcos

Regina, Crystiano e Marcelo

Nayara e Marcelo

Nayara, Marcelo, Regina e Crystiano

Aline, Nayara, Marcelo, Regina e Crystiano

Nayara e Marcelo (2)

Aline, Nayara, Regina, Crystiano e Marcos

Aline, Nayara e Regina

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Artigo sobre o novo álbum

Foi publicado no site blabbermouth.net um artigo sobre o novo álbum, confira a tradução abaixo:

Vocalista do Evanescence diz que o novo álbum é "muito mais de uma colaboração entre a banda toda"
"EVANESCENCE está atualmente gravando seu terceiro álbum em um estúdio de Nashville com o produtor Nick Raskulinecz (RUSH, FOO FIGHTERS, VELVET REVOLVER, DEATH ANGEL, TRIVIUM) para uma tentativa de lançamento 04 de outubro via Wind-up Records.

"O processo tem sido muito mais de uma colaboração entre a banda toda", a vocalista Amy Lee disse à Billboard.com. "Geralmente sou eu e um co-autor ... Dessa vez todo mundo tinha algo a ver com isso desde o início. Consequentemente, a música tem "muito mais sobre um sentimento ao vivo sobre a banda. A forma de todos tocarem, é como se estivéssemos tocando as músicas em turnê por um ano."

Lee começou a gravar um álbum no ano passado com o produtor Steve Lillywhite (DAVE MATTHEWS BAND, U2), que inclinou-se fortemente na direção da musica eletrônica e dance music, mas sua gravadora teria rejeitado o projeto e a fez começar do zero buscando o EVANESCENCE de sempre.

"Eu vim a perceber agora que eu estava fazendo como um disco solo, e se ele ia ser uma gravação do Evanescence, precisávamos nos unir e torná-lo como uma banda", Lee diz à Billboard.com. "Foi uma época difícil para mim. Eu pensei que sabia o que eu queria e ele meio que não aconteceu como eu queria ... Mas eu tenho que dizer que me sinto tão forte sobre o que estamos fazendo agora. Ainda temos algumas das mesmas canções daqueles sessões, mas nós as fizemos sobre a banda. "

O guitarrista Troy McLawhorn recentemente voltou oficialmente ao Evanescence depois de deixar o Seether março. McLawhorn ingressou no Evanescence em 2007, mas saiu um ano depois e foi contratado por Seether. Ele deixou o grupo há três meses, alegando "atrito pessoal" com um dos membros da banda, com o vocalista Shaun Morgan dizendo no momento em que estava voltando para o Evanescence.

O Evanescence negou que McLawhorn estava voltando, mas ele anunciou que em 14 de junho em sua página do Facebook.

Pouco depois de Troy ter saido do Seether, Shaun Morgan deu ao The Pulse Of Radio a sua versão do porquê McLawhorn saiu: "Ele simplesmente não queria mais ficar aqui, cara, e eu não sou o tipo de pessoa que vai pedir alguém para ficar", disse ele. "Eu não vou tentar fazer alguém fazer algo que não quer fazer e certamente não vou tentar fazer alguém tentar se divertir comigo quando, obviamente, não é o que eles querem fazer. "

O tempo fechou entre o Seether e o Evanescence desde que Lee e Morgan terminaram um relacionamento romântico no final de 2005.
O novo álbum do Evanescence vem cinco anos após o último lançamento da banda, o "The Open Door", de 2006."

domingo, 19 de junho de 2011

Amy tocando harpa + EvThreads

Amy já havia citado o nome desta musica "Secret Door" e hoje ela disponibilizou um vídeo de 30 segundos dela tocando harpa. Será uma faixa do novo álbum que esta previsto para 04/10/11.



EvThreads

"HAHAHA WOW Este Thread é hilariante e surpreendente. Vocês são tão criativos e engraçados. Estou apenas lendo 1/4 das postagens e eu já me pego rindo três vezes. Eu amo como eu sou maldosa nas minhas "entrevistas". Tão bom. Sim, eu estarei voltando aqui por inspiração."

#2
"Este realmente me pegou:

Slave in Chains - 4:01
Música mais pesada do álbum
Deslizante / Ecoando / Harmonização das guitarras e do baixo
Percussão Pesada / Guitarra
"Você sabe, às vezes as pessoas são apenas mudas como pedras. Sou uma mulher totalmente crescida agora, e eu me recuso a usar coisa da época da escola novamente. Eu sei que você está autorizado a fazer o que diabos você quer, mas não seja tão burro sobre isso ......"

"... A voz cristalina de Amy traz esta faixa com um alargado" aaaaah ", antes das guitarras e bateria quebrarem tudo em pedaços como riffs chugga-chugga e pratos fortes. ..."

Incrível.
"


40º Encontro EvRec + Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2

terça-feira, 14 de junho de 2011

38º Encontro EvRec

Priscila e Crystiano

Priscila, Victor, Crystiano e Pri

Ricardo, Robson, Vinícius, Priscila, Crystiano, Regina, Bruce e Pri

Ricardo, Robson, Vinícius, Victor, Crystiano, Regina, Pri e Bruce

Victor, Regina, Bruce, Pri, Priscila, Crystiano, Vinícius e Estevão

Crystiano e Priscila

Victor, Crystiano, Priscila, Bruce e Regina

Regina, Priscila, Estevão, Bruce, Vinícius, Pri e Crystiano

Regina e Priscila

Regina, Victor e Estevão

Bruce, Regina, Estevão, Victor, Priscila, Crystiano, Pri e Vinícius

Regina, Vinícius, Pri, Victor, Priscila, Crystiano e Estevão

Regina, Bruce, Estevão, Vinícius, Pri, Crystiano e Victor

Bruce, Regina, Estevão, Vinícius, Pri, Priscila, Crystiano e Victor

Regina, Estevão, Vinícius, Pri, Priscila, Crystiano e Victor

Bruce, Regina, Estevão, Vinícius, Pri, Priscila, Crystiano e Victor

Regina, Bruce, Vinícius, Priscila, Crystiano e Victor

Victor, Vinícius e Pri

Crystiano, Vinícius, Priscila e Regina

Bruce